Projetos Solidários ESC

Os Projetos Solidários do Corpo Europeu de Solidariedade são uma liderada por jovens que visa dar voz e ferramentas para que os jovens possam iniciar os seus próprios projetos e ser motor da mudança que desejam ver na sua comunidade. Essas atividades devem ter um impacto local, regional ou nacional e podem ser focadas em diferentes desafios, desde causas ambientais até a inclusão social.

  

Mais Detalhes

  

Requisitos

Para implementar um Projeto Solidário é necessário ter um grupo de, pelo menos, cinco jovens entre 18 e 30 anos. Considerando que as atividades serão em nível nacional, os membros do grupo devem morar todos no mesmo país e, idealmente na mesma localidade em Portugal, tanto continental como ilhas estão incluídas.

Existe a possibilidade de fazer a candidatura a estes projetos com uma organização de apoio, no entanto deve ser o grupo de jovens a ter a ideia do projeto e a implementar as atividades. Caso o grupo não tenha uma organização representativa, um dos participantes deverá ser o representante legal. O representante legal é responsável por assinar os documentos, entrar em contato com a agência nacional, receber e alocar a bolsa.

  

Duração

Os Projetos Solidários devem durar entre 2 e 12 meses. A duração deve ser definida pelo grupo consoante as atividades que pretendem implementar durante o projeto.

  

Apoio

A Agência Nacional atribui uma bolsa mensal de 500 € durante a implementação do projecto. Esta bolsa deve ser utilizada para cobrir os custos relacionados com a logística do projeto.

Caso o grupo seja formado por jovens com menos oportunidades, existe a possibilidade de solicitar um orçamento extra.

É também possível solicitar fundos para receber o apoio de um mentor até uma duração máxima de 12 dias, sendo que o seu papel pode variar entre os diferentes projetos e o pedido de apoio financeiro para esse fim deve ser bem justificada na candidatura.

Candidatura

Fazer uma candidatura para um Projeto Solidário é relativamente simples, mas é necessário considerar algumas etapas essenciais:

Criar uma conta na plataforma Erasmus+. Esta plataforma é destinada a ações geridas pelas Agências Nacionais e, caso o grupo pretenda fazer a candidatura através de uma associação, esta deve estar inscrita na plataforma. No caso do grupo se candidatar como um grupo informal de jovens é necessário fazer o registo com o nome oficial.

Após o registo é possível aceder aos formulários relativos ao Corpo Europeu de Solidariedade. Existem várias fases e candidatura e, para este ano, 2021 é possível submeter or projetos a 28 de Maio e 5 de Outubro.

Na candidatura é necessário adicionar o número de participante de cada elemento do grupo. Este número é adquirido após inscrição na plataforma do Corpo Europeu de Solidariedade.

Depois é só preencher o formulário de candidatura e garantir que todas as respostas são detalhadas e que o projeto tem um impacto real.

  

F.A.Q. Projetos Solidários CES